Travessia


meu amor de trópicos

aos pólos te levou

no meio ficou

a linha do Equador...


_ Alguém tem um picador de gelo?




"Os Caçadores na Neve", Pieter Brueghel, 1565.

12 sorveram o néctar:

(l' excessive) disse...

empresto!
mas só se for para ser usaso para encurtar a distância.
:o)

Ariane Rodrigues disse...

(l'excessive), prometo! :) Bjo

Eduardo Trindade disse...

Hummm... Instigante, hein? Lembrei de histórias imaginadas, lembrei de Instinto Selvagem, lembrei até do Frankstein (que termina no Pólo, já leste?).
E qual será a tua história?
Abraços!

Ariane Rodrigues disse...

Olá Eduardo!Seja bem-vindo!

Ampliaste bem a interpretação do poema. Essa é a idéia mesmo...

A minha história? É bem menos interessante do que as minhas estórias. Mas são todas minhas e abraço todas elas.

Espero que volte! Até mais!

RUBENS GUILHERME PESENTI disse...

Brueghel te sonhou.
abraço

Ariane Rodrigues disse...

Olá Rubens!

Espero então que tenha sido um sonho agradável...

Outro abraço!

R.Vinicius disse...

Gostei! Curto, expressivo, bem escrito! Você tem muito talento!!

Abraço,

R.Vinicius

Ariane Rodrigues disse...

Brigada Vinícius, :)!

nina disse...

E como diziam os lusos "Não há pecado abaixo da linha do Equador" ;)...
Bjo

Ariane Rodrigues disse...

Bem lembrado, Nina! Bjo :P

Múcio L Góes disse...

lindo, lindo!

poesia encurta distâncias.

=]

Ariane Rodrigues disse...

Bjo Múcio! À espera da próxima quinta...