Oposto


Sempre tive uma queda pelos avessos.

O que viesse na contramão.

No lado tortuoso e imprestável das trilhas.

O inacabado, o incompleto.

O finito e incorreto.

O subversivo e adverso.

Revolucionário e abjeto.

Sinuando

Entre o defeituoso e o desastrado,

O desajeitado e o malfeito.

Sem preceitos,

O equivocado,

O imperfeito,

O inverso,

Eu aceito.


4 sorveram o néctar:

Roberio disse...

Muitas vezes em nossas vidas o que nos parece inverso,incorreto pode ser alguma forma de nos completar.

Ariane Rodrigues disse...

Esse vazio é inteiro, concreto e impermeável. Um vazio que preenche, mas não é preenchido.

mo_cica disse...

Qual a razão para a recusa de tudo (ou quase tudo)aquilo que nos parece estranho? Aceitar é tornar possível o impossível; fazer parecer certo o que fora errado. Aceitar é olhar por inteiro - por dentro e por fora

Wesley Viana disse...

Me identifiquei com esse poema, pois também sinto uma profunda curiosidade sobre o que é ( ou apenas parece) estranho.