Pena



entre nuvens

minha mente

a voar


como penugem

o que sente

se afastar


perto do lume

o remanescente

é penar




"Couple with a Parrot", Pieter de Hooch, 1668.


4 sorveram o néctar:

€ster disse...

Olá!!

€stou passando nos blogues amigos para convidá-los a participar da Blogagem Coletiva sobre “INCLUSÃO SOCIAL” que acontecerá no próximo dia 09/03/2009.

Ficarei muito feliz de poder contar com sua participação!
Se for participar, por gentileza, deixe um recado no blog Esterança.

Desde já, muito grata!

€ster

Ariane Rodrigues disse...

Obrigada pelo convite Ester.

Geraldo Soares disse...

Ah! Toda pena deveria ser assim tão leve...

Ariane Rodrigues disse...

Olá Geraldo! A leveza é uma parte. A outra é pesada, é penar. Não são incoerências, são complementos. Abraço.