A humanidade é feminina


o mal bem-me-quer

o bem mal-me-quer

o mal o bem

tudo convém

à alma da mulher





"Unstable cover", Iman Maleki, 1995.


20 sorveram o néctar:

Wesley Viana disse...

Até mesmo a palavra "humanidade" é feminina e possui mais de um sentido: pode ser a natureza humana, o conjunto de seres humanos ou a benevolência. A humanidade é ambígua e complexa, como as mulheres.

Serena Flor disse...

O mal e o bem andam coladinhos não é mesmo?
Um beijo enorme em teu coração e um feliz fim de semana minha querida!

Ariane Rodrigues disse...

Certo, Wesley. Como não? =]
Bjo.

Ariane Rodrigues disse...

Olá Serena! Acho que sim e trocam de lugares às vezes. Feliz findi procê também!

Marrí disse...

exalando cheiro de éden
venho beber do seu mel
colher sensbilidade
da alma da mulher
alimentar minha emoção
intelecto,
engrandecer...

Ariane Rodrigues disse...

Obrigada Marrí! É sempre bom tê-la por esse jardim.

Geraldo Soares disse...

Belo poema! Feliz dia da Mulher!
p.s. estou aguadando ansioso a mudança das estações. Mas nem tudo é espera....

Eduardo Trindade disse...

Adorei a forma como construíste esse poema...

o mal bem-me-quer
o bem mal-me-quer


Uma certa ambiguidade (quando começamos a nos escrever acho que foi falando de ambiguidade, lembra?), em que bem-me-quer e mal-me-quer tanto podem ser verbos quanto adjetivos ou sbstantivos... Diferentes maneiras de ver tudo isso que convém à alma da mulher.
Apenas te confesso que, na minha opinião, o título não casou tão bem com o corpo poema, o título é grande e pomposo, os versos são pequenos e ágeis. Mas eu nunca fui bom com títulos...
Abraços!

J.R. Lima disse...

Bem ou mal?

Mal ou bem?

bem-te-vi, malgalida...

Ariane Rodrigues disse...

Obrigada Geraldo! Abraço!

Ariane Rodrigues disse...

Olá Eduardo! É verdade. Eu realmente uso muito da ambiguidade. Ela ajuda muito a ampliar as possibilidades interpretativas de maneira que muito mais seja dito. E tens razão. Eu nunca fui boa com títulos; contrariamente, tenho muita dificuldade com eles. Então aceito sugestões para este poema em especial, visto que amanhã se comemora o "Dia da Mulher". Obrigada pela presença consistente e constante aqui no blog. E continue opinando. Abraço!

Ariane Rodrigues disse...

JR, muitos sorrisos para ti!

Renata (impermeável a) disse...

para nós que bem ou mal, somos mulheres, parabens, porque ser gauche na vida é coisa para homem , mulher é desdobravel..


beijosssssss pradeanos

Gabriel disse...

Assim são os anjos, disfarçam-se em forma de mulher.

Hoje é apenas uma data simbólico, de vocês, são todos os dias, que nos conquistam.

Bjo

Ariane Rodrigues disse...

Renata, muito bacana isso que disse. Feliz Dia da Mulher! Bjos.

Ariane Rodrigues disse...

Gabriel, as mulheres têm algo deles sim, eu acho. Talvez as asas, o sentido de proteção. Mas não só deles. Somos multifacetadas. Bjos.

Eduardo Trindade disse...

...E a homenagem está muito bem feita, Ariane. Quem sou eu para interferir no título que deste? Cada palavra é fruto de seu próprio momento... Aliás, também acho difícil criar nomes - sejam de poemas, livros, animais de estimação...
E eu é que agradeço teu carinho. Abraços e parabéns pelo dia!

Xana disse...

todos esses sentimentos fazem parte da nossa vida apesar de alguns deles a gente não querer !!

boa semana, beijinho

Ariane Rodrigues disse...

Tá certo, Eduardo! Obrigada. Bjo.

Ariane Rodrigues disse...

Olá Xana, boa semana a ti também!