outra estrada


outra estrada

que me permita seguir adiante

sem olvidar os beirais da jornada


outra estrada

que aponte um horizonte sempre mais longe

mas que eu sinta que já é chegada


outra estrada

em que eu transeunte

ainda me sinta aconchegada


outra estrada

uma Pasárgada insone

seja madrugada, seja alvorada!




"Forest Path", Hein Van Den Heuvel.


11 sorveram o néctar:

Bea - Compulsão Diária disse...

Bem feita estrada , alvorada promissora apesar da insônia ou , exatamente, por ela passárgada;)

Ariane Rodrigues disse...

Abraço, Bea!

Sarinha disse...

Lindo Texto.
Gosto do jeito que tu escreves.. È diferente!!! Parabéns pelo blog.. Tá lindo!!

Ariane Rodrigues disse...

Obrigada Sarinha! Seja bem vinda!

Sir Edison Gil disse...

Fantástico!

Abraços.
Sir E.G.

Ariane Rodrigues disse...

Brigada Sir Edison. Abraço!

Renata de Aragão Lopes disse...

Lindos: lugar e poema!
Beijo.

R.Vinicius disse...

Peguei a estrada e cheguei até aqui. Agraciado fui com o prazer da leitura.

Abraço,

R.Vinicius

Ariane Rodrigues disse...

Abraços, Renata e Vinícius! Obrigada!

Maze disse...

Uma boa cancioneira de esparança...
Gostei muito dos versos.

Ariane Rodrigues disse...

É isso, Maze, esperança...