Passamento



como se não houvesse hora

o passado estático nas costas

como passamos é para ontem

e como também o é para agora




"Duas mulheres à janela", Bartolomé Esteban Murillo, 1670.

6 sorveram o néctar:

J.F. de Souza disse...

se
passamos
pelo que
passamos
é pra que
nunca
nos
esqueçamos

A garota do copo d'gua disse...

e normalmente não esquecemos, de uma forma ou de outra.
ainda bem
:)

boa semana!
:*

Darlan disse...

Singelo e belo.

Ariane Rodrigues disse...

Obrigada a todos!!!! Abraços.

Serena Flor disse...

Passando pra desejar uma ótima tarde e deixar o meu carinho também!
Um grande beijo e parabéns pelo belíssimo blog!

Ariane Rodrigues disse...

Obrigada Serena!