letras


como são engraçadas as letras
juntas, às vezes, não sabemos
se riem ou fazem careta!



"Ambito y figuras", Leonidas Gambartes, 1959.

9 sorveram o néctar:

J.F. de Souza disse...

e
quando as
letras
nos tiram
lágrimas
?

Wanderley Elian Lima disse...

As letras podem nos fazer rir ou chorar, depende de como estão colocadas.
Beijos

A.S. disse...

Ariane... é uma delicia ler-te!!!


Um beijo
AL

Renata de Aragão Lopes disse...

É que
às letras
tudo se permite! : )

Beijo, querida!

Byers disse...

Oie Ariane!!!

Vim aqui para te avisar que a Sunshine de Verão saiu, lembra?

Publiquei o teu poema "sonho"

=D espero que goste do desenho que fiz para ele!

a revista ta disponivel para download no site:

www.revistasunshine.com.br

Aproveitando a ocasião, gostaria de saber se tu gostou da iniciativa e quer participar nas próximas edições! bjos

Obrigado!!!

Byers disse...

Que bom flor que tu gostou!

É eu gosto muito de poemas e acho que as pessoas perderam um pouco o "tátil" ao viverem esses amores passageiros, sem sentimento, acho que o mundo precisa de um cadin de amor.

Vou divulgando a poesia e com a estética da revista espero tirar para algumas pessoas o estigma de que literatura é uma coisa chata.

Na próxima sunshine irei desenvolver umas experimentações tipográficas, algo inspirado pelo concretistmo + futurismo;

Tá afim de participar? Tá convidadíssima!

bjos

leandro disse...

Olá, Estou montando uma comunidade nova para divulgar o maior número
possivel de blogueiros no orkut, estou te convidando:
se tiver interesse divulgue seu blog lá também e Aumente Suas Visitas:

Blogosfera - Brasil - (Nova comunidade de blogueiros)
Divulgue seu blog lá!

http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=97889392


abraços!

Samuel Pimenta disse...

É esse o encanto das letras, é essa a sua essência etérea!
Bravo!

Samuel Pimenta.

disse...

Oie!:D
Amei esse aqui! Tenho um carinho imenso por essas danadinhas, a certa altura deram mais vida à minha e continuo feito imagem que é refletida de encontro ao espelho: se ele está limpo e claro, ao menos parecemos óbvios diante do mesmo; se está embaçado, tentamos decifrar algo esfregando a mão sobre o vapor; se é daquele disforme que encontramos em parques temáticos, fica mais difícil; de qualquer jeito, também pode divertir e/ou emocionar, é preciso observá-lo cuidadosamente e ver se nos contenta, caso contrário, ou mudamos o rumo da busca, ou deixamos de nos refletir.
Prefiro seguir em busca! Bjins e até!