bromélia



ser como ela
pétala altruísta

sempre aberta
grávida da vida

fixada à terra
voltada para cima

e terna contesta
que rija é a acolhida

sólida bromélia
que úmida nos ensina!
"Bromélia", Denise Natal, 2009.

3 sorveram o néctar:

Chica disse...

Lindo modo de ver a bromélia numa poesia! beijos,tudo de bom,chica

Poemas e Poesias disse...

Ola, gostaria de fechar parceria com seu blog, com troca de links.
Poderia adicionar nosso link no seu blog?
Aguardamos resposta.Parabens pelo site.
Abraço.


http://poemasepoesias-blog.blogspot.com/

Elcio Tuiribepi disse...

Olá, hoje estava olhando alguns blogs que não estavam atualizando as postagens e encontrei o seu outro, aí vi que tinha este to aqui, conhecendo...
Pelo jeito você escreve de acordo com imagens também...É bom fazer isso...as palavras fluem...
Um abraço na alma...boa semana...bjo