Flores do Ipê


rosas

tantas delas em cópula


amarelas

Van Goghs nas janelas


violetas

ventania de borboletas


brancas

nuvens flutuantes nas plantas


(...)


nessa época, quem não vê

as flores fartas do ipê?



"The Mulberry Tree, Van Gogh, 1889.

7 sorveram o néctar:

Wanderley Elian Lima disse...

Nossa menina, que lindo. Amei
Beijos

Shisuii disse...

Lindo isso...

Shisuii

Byers disse...

Oieeeee.

=D Ariane flor, lancei a Sunshine de Primavera, da uma conferida lá. Que tu vai ter um prévia da arte que agente fará no verão.

=D mo linda ela ta!


Abraços!Sabe que sou seu fã né?

Noslen ed azuos disse...

Deslumbrantes amarelos, minha vida já merece pelas flores dos ipê, brancos rosas amarelos...

Bjs
ns

Eduardo Trindade disse...

Ora, viva, é primavera!
E eu, mariposamente, retorno ao teu jardim após umas semanas de ausência - estava de férias!
Gosto dos teus versos...

Fabio Rocha disse...

Primavera chegando...

Wesley Viana disse...

Um lindo poema para dar as boas vindas à primavera.